Rinite
Estatísticas da literatura médica demonstram que pelo menos 17 milhões de brasileiros sofrem com a rinite alérgica − uma reação irritativa e inflamatória que acomete a mucosa nasal, provocando sintomas como: coceira, excesso de muco fluído; congestão e espirros. É possível ainda que alguns pacientes sintam a diminuição do olfato, paladar e sangramento nasal.

Quando o

tratamento da Rinite

não se inicia, o paciente pode ter sua rotina diária comprometida, já que os sintomas interferem no trabalho e nos estudos em grande parte dos casos. Não à toa, a busca por

médicos especializados em Rinite

deve ser realizada em clínicas que oferecem atendimento em otorrinolaringologia, considerando que apenas médicos especialistas podem prescrever intervenções clínicas e medicamentosas para a doença.

Na etapa de diagnose, o otorrino do IMONG escolhido para o caso solicitará alguns exames clínicos e laboratoriais para identificar os agentes alérgenos ou infecciosos associados à rinite. Com a constatação das causas, é possível iniciar um tratamento clínico ou cirúrgico - a depender das particularidades do quadro. No tratamento clínico, destacam-se os corticosteroides nasais e anti-histamínicos combinados a mudanças de hábito e higiene pessoal. As cirurgias são reservadas aos pacientes que não respondem ao tratamento clínico, podendo ser realizada a turbinectomia dos cornetos inferiores conjuntamente à septoplastia.

A equipe da Clínica Imong - coordenada pelo Dr Daniel Lorena Dutra - poderá tirar suas dúvidas em marcar uma consulta em um espaço agradável no bairro Higienópolis, em São Paulo. Desde o primeiro contato, priorizamos um atendimento humanizado, pautado no respeito, na transparência e na ética médica. Agende sua consulta!
/Galeria de Imagens
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong