Estroboscopia
A

estroboscopia

é indicada para todos os pacientes com queixas de rouquidão. Este exame possui outros nomes, como: estroboscopia, videolaringoestroboscopia, laringoscopia com estroboscopia, video-laringo-estroboscopia e video-laringo-estroboscopia com endoscópio flexível.

Não há necessidade de um grande preparo para realizar o exame de

laringoestroboscopia

, desde que o paciente tenha acima de 10 anos de idade. Recomenda-se apenas que o paciente esteja de jejum de 2 horas.

O

exame estroboscopia

é realizado na própria clínica na Avenida Angélica em São Paulo, tendo duração de poucos minutos. Trata-se de uma ótica acoplada a uma câmera de vídeo, introduzida pela boca até a visualização das cordas vocais.

A estroboscopia nos permite visualizar as cordas vocais com uma nitidez de imagem superior à videonasofibrolaringoscopia, pois apresenta uma única lente de aumento diferente do nasofibroscopio que possui um conjunto de fibras óticas para formar uma imagem.

O aparelho “dá a sensação” de movimento de câmera lenta. Visualizar o movimento em câmera lenta é importante para o diagnóstico de lesões das cordas vocais pois consegue-se estudar com detalhes a vibração da onda mucosa.

As doenças vocais mais diagnosticadas na laringoestroboscopia são: calos vocais, pólipos vocais, cistos, edema de Reike, refluxo laringofaríngeo, entre outros.

Nasofibrolaringoscopia ou Laringoestroboscopia?

Ambos exames nos mostrarão as cordas vocais. Os detalhes da onda mucosa e a imagem com melhor definição da laringoestroboscopia permite afirmar que, para o diagnóstico preciso de rouquidão, o melhor exame é a estroboscopia.

A Imong realiza este exame sob a coordenação do Doutor Fausto Nakandakari, especialista em laringologia e voz pelo Hospital das Clínicas de São Paulo.

Atendimento dos maiores convênios de São Paulo e particulares também. Agende seu exame pelo telefone, WhatsApp ou email.
/Galeria de Imagens
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong