Cauterização de Septo Nasal
Os estudos demonstram que 60% da população já apresentou ou vai apresentar algum episódio de sangramento nasal. Destes, 90% apresentam resolução espontânea e os outros 10% necessitarão de cuidados médicos.

Existem várias causas para o sangramento nasal, chamado de epistaxe, tais como: trauma nasal, manipulação do nariz com objeto ou dedo, rinites, sinusites, fraturas nasais, tumores nasais, entre outras.

Normalmente o paciente consegue o controle do sangramento sem necessidade de um especialista. Porém, caso haja sangramento em grande quantidade ou haja mais de um episódio de epistaxe é necessária avaliação de um otorrino.

Neste casos, será feita uma avaliação detalhada sobre as queixas do paciente e exame da cavidade nasal. A realização da nasofibrolaringoscopia é importante para a localização exata do ponto do sangramento. O local mais comum de sangramento é o septo nasal anterior.

O tratamento proposto é a

cauterização do septo nasal

. O procedimento consiste na queimadura química com ácido tricloroacético do local do sangramento. Com duração de poucos minutos e discreto incômodo nasal, a cauterização do septo tem boa resposta no controle do sangramento nasal.

O controle de doenças como rinite e sinusite são importantes para evitar novos episódios de sangramento nasal. Além disso, pode ser necessário pedido de tomografia dos seios da face para avaliação detalhada do nariz e seios da face.

Com um corpo clínico experiente, aliados a exames e procedimentos, tudo no mesmo lugar, a Clínica Imong torna-se referência, atendendo as consultas por convênio ou particular no bairro de Higienópolis, próximo ao metrô Paulista.

Agende seu procedimento de cauterização do septo por telefone, WhatsApp ou email.
/Galeria de Imagens
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong