Como é e para que serve a microcirurgia de laringe?


O procedimento é pouco invasivo e tem uma recuperação rápida e é fundamental para a saúde da voz e para os processos da fala.


A voz é uma das características marcantes da nossa personalidade. Tanto é que, em casos em que ficamos sem voz (afônicos), nos sentimos profundamente incomodados. Mas você sabia que se você apresenta rouquidão constante, episódios de afonia ou até mesmo percebe cansaço ou mudanças na voz você pode precisar de uma microcirurgia de laringe?

Vamos explicar melhor esse procedimento relativamente simples e que pode trazer uma enorme melhora na sua comunicação e na qualidade da sua voz. A microcirurgia de laringe é indicada em casos de para remoção de lesões benignas e malignas da laringe. Sua utilização abrange desde pólipos, nódulos, cistos, hemangiomas, papilomas até tumores malignos precoces.

A laringe é um órgão complexo do sistema respiratório que, entre outras coisas, exerce um papel importante na fala. Em determinados casos, a cirurgia de laringe é indicada para alterações nas pregas vocais. Em casos em que medicação ou terapias fonoaudiológicas não resolvem o problema, a cirurgia pode ser a melhor solução.

Os sintomas que indicam problemas na laringe são variados. Rouquidão constante, dores de garganta e dificuldade para respirar, são algumas delas. Algumas pessoas confundem com inflamações de garganta, mas na verdade sentem dor ao engolir ou ao falar por um período prolongado. Dores de ouvido, feridas na garganta e tosse persistente podem ser sintomas, inclusive de problemas como câncer na laringe.

A avaliação deve ser feita pelo médico otorrinolaringologista, que analisará os sintomas, examinará boca, nariz e ouvidos e pedirá exames complementares para fechar um diagnóstico.

cirurgia de laringe


Exames para microcirugia de laringe


A nasofibrolaringoscopia é o exame inicial para avaliar as cordas vocais, realizado com um equipamento que visualiza todas as estruturas da laringe. Um exame fundamental no diagnóstico é a estroboscopia, que mostra detalhes da vibração das cordas vocais. O procedimento permite avaliar a frequência de voz, a periodicidade de vibração das cordas vocais, bem como seu movimento, sendo o exame mais adequado para avaliar rouquidão.

Outro exame importante é a audiometria, que detecta alterações na audição. Esse exame é importante, pois para uma boa produção vocal, também necessitamos de uma boa audição.

Após os exames, os diagnósticos da perda da voz podem ser muitos, entre eles: pólipo vocal, edema de Reinke, cisto vocal e nódulos vocais. Todos estes problemas, as vezes, podem exigir cirurgia e, independente do problema, todas levam o nome de microcirurgia de laringe


Como é realizada a Microcirurgia de Laringe?


A microcirurgia de laringe é realizada em um centro cirúrgico, em geral, sob a ação de uma anestesia geral. Na maioria das vezes, os pacientes recebem alta no mesmo dia da cirurgia. Não há nenhuma incisão (corte) na face ou no pescoço, sendo a cirurgia realizada totalmente por via oral. O procedimento costuma durar entre trinta minutos e duas horas, com recuperação geralmente pouco dolorosa e tranquila para o paciente.

O procedimento consiste na colocação de um tubo pela boca (laringoscópio de suspensão) para visualização das cordas vocais. Usa-se um microscópio para avaliar os detalhes das pregas vocais. A inspeção e a palpação da mucosa da corda vocal é um passo importante da cirurgia, pois, muitas vezes, consegue-se fechar o diagnóstico somente após este passo. Para finalizar, procede-se a retirada da lesão.

A cicatrização da corda vocal é fundamental no processo de recuperação da cirurgia. Por isso, o paciente deverá ficar em repouso vocal absoluto (sem falar) por volta de 3 dias e repouso vocal relativo (falar pouco) por mais 7 dias. Geralmente, o tratamento de reabilitação inclui fonoterapia que vai impactar diretamente na recuperação e na qualidade final da voz.

Isso é importante, já que em alguns casos a voz do paciente está comprometida. A microcirurgia de laringe melhora consideravelmente o controle e qualidade vocal, mas pode ocorrer mudanças na voz e potência vocal. Por isso, recomendamos o acompanhamento de perto por profissional fonoaudiólogo.

É importante lembrar que, em casos de sintomas constantes de rouquidão, apneia, dificuldade de respirar e engolir, tosse, incômodo não garante e alterações da voz é imprescindível buscar ajuda médica especializada. Em muitos casos, o diagnóstico precoce favorece o tratamento e a microcirurgia de laringe pode solucionar o problema de forma definitiva.


Agende uma consulta através do seu convênio ou de forma particular para verificar a necessidade de realizar a Cirurgia.

/Galeria de Imagens
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong