O que é carne esponjosa no nariz e como ela afeta sua saúde?

Dificuldade para dormir e respirar, tosse e infecções são alguns dos problemas causadas pela presença de carne esponjosa no nariz

carne esponjosa

Respirar é algo natural e que todos nós fazemos sem perceber, milhares de vezes ao dia. No entanto, algumas pessoas apresentam uma dificuldade constante nesse simples ato por conta de um problema popularmente conhecido como carne esponjosa no narizA sensação de nariz cheio ou obstruído pode ser resultado dessa condição, o que acaba fazendo com que a pessoa respire a maior parte do tempo pela boca.


A carne no nariz é um termo que se refere ao surgimento do inchaço das adenoides ou dos cornetos nasais, que são estruturas da parte interna do nariz que, quando estão inchadas, dificultam a passagem do ar. Os cornetos nasais têm a função de aquecer o ar aspirado, enquanto as adenoides fazem parte do sistema imunológico, com função similar às amídalas, que produzem anticorpos. 


Uma das causas do aparecimento da carne esponjosa está justamente no inchaço das adenoides, em razão de infecções, de maneira muito similar ao que acontece com as amídalas. Juntas, essas duas estruturas formam um anel localizado na garganta, repleto de células de defesa que protegem o nosso organismo durante a infância. Por isso, durante essa fase, é comum que as adenoides aumentem de tamanho e comecem a regredir por volta dos 6 ou 7 anos de idade, conforme crescemos e ganhamos novas defesas.


Nos primeiros anos de vida da criança, as infecções da adenoide são muito comuns. Com o inchaço, a respiração fica muito dificultada, fazendo com que a criança respire constantemente pela boca. Esse hábito pode acarretar em outros problemas como mal posicionamento dos dentes, ronco, tosse, dificuldades para dormir e sono agitado. Há ainda maiores chances de problemas e infecções de ouvido, o que pode levar a uma diminuição da audição.


Em adultos, a carne esponjosa é causada por alguns motivos como a rinite alérgica ou a polipose nasal. Os cornetos nasais podem inchar em decorrência de rinites, o que provoca a inflamação dessas estruturas respiratórias. O aumento exagerado do volume dos cornetos nasais também pode ser causa de dificuldade respiratória. A presença de carne esponjosa ainda pode ocorrer por quadros de sinusites crônicas, fatores genéticos ou alterações no desenvolvimento dessas estruturas.


Em alguns casos, ocorrem distúrbios do olfato, como anosmia e a hiposmia, que são a perda completa ou parcial do olfato, respectivamente. Muitas vezes, isso pode levar a problemas na alimentação e na qualidade de vida do paciente. Por isso, ao menor sinal de incômodo ou no caso dos sintomas descritos, é importante que a pessoa busque ajuda médica.


Tratamento da carne esponjosa no nariz


Existem tratamentos médicos e cirúrgicos que podem ser usados dependendo de cada caso.


Alguns medicamentos podem ajudar a reduzir o inchaço da carne esponjosa no nariz, como corticoides, anti-inflamatórios, anti-alérgicos e descongestionantes para reduzir a inflamação e aliviar os sintomas da rinite alérgica. Em caso de infecções, pode ser receitado o uso de antibióticos.


Quando o tratamento com os remédios não diminui a carne esponjosa no nariz, que continua prejudicando muito a passagem do ar, o médico otorrinolaringologista poderá indicar a cirurgia. Basicamente, são duas as modalidades mais comuns: adenoidectomia, que consiste na retirada das adenoides, e a turbinectomia, que é a retirada parcial ou total dos cornetos nasais.


Mesmo com tratamento cirúrgico, infelizmente, pode ocorrer da carne esponjosa voltar a crescer. Isso ocorre, pois a remoção completa das adenoides é um processo muito difícil. Apesar da tecnologia e técnicas avançadas de cirurgia, pequenos resíduos podem fazer com que as estruturas voltem a aparecer. Já no caso dos cornetos nasais, eles só voltam a crescer caso os processos inflamatórios continuem.


Em geral, o tratamento da carne esponjosa é simples e traz significativa melhora na qualidade de vida do paciente, incluindo na melhora do desenvolvimento da criança. Existem muitas possibilidades para lidar com o problema e evitar complicações. É preciso atenção, pois a respiração pela boca pode causar alguns graves distúrbios e patologias. Caso identifique qualquer alteração ou desconforto na sua respiração, procure um otorrinolaringologista e respire aliviado!

/Galeria de Imagens
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong
  • Clínica Imong